Rua 5, Lote 3, Albany Medical Center, Sala 414, Águas Claras Norte (DF)

Lentes de Contato Dentais

As lentes de contato dentais são uma das mais recentes técnicas odontológicas que têm feito sucesso pelos resultados proporcionados para quem busca um sorriso perfeito.

De forma rápida, indolor e sem ocasionar sensibilidade, as lentes de contato possibilitam a correção da cor, a posição e os espaços entre um dente e outro.

De acordo com a dentista Patrícia Pizzo, ortodontista e implantodontista, são várias as vantagens da utilização das lentes de contato dentais em comparação às facetas que são feitas em resina composta.

Em primeiro lugar, as lentes de contato dentais, mesmo sendo muito finas – com espessura entre 0,4 e 0,7 milímetros, são duráveis e muito resistentes quando se aderem à superfície do dente, isso devido a uma evolução das cerâmicas tradicionais para as cerâmicas injetadas, de disilicato de lítio.

Quando o paciente cuida bem delas, com uma boa higiene oral e evitando morder objetos e alimentos duros, elas podem durar entre 10 e 15 anos. Além disso, a porcelana tem uma estabilidade de cor muito superior à resina composta”, ressalta a especialista.

As lentes estão indicadas para pequenas correções como fechamento de espaços, aumento do comprimento, largura, arredondamento de ângulos. É tão fina que parece transparente, por isso ganhou o nome de lente de contato dental.

Nos casos em que há comprometimento de cor, manchas, dentes girados ou desalinhados há necessidade de maior desgaste do esmalte. Por exemplo, em um dente que escureceu pelo tratamento de canal, é preciso desgastar o esmalte para dar espessura para a porcelana esconder a cor escura. Nesse caso a lente de contato não funcionaria e sim uma faceta de porcelana tradicional, que tem espessura maior e o desgaste dental também.

As lentes de contato dentais podem cobrir um só dente e também o sorriso todo. Isso será definido de acordo com o diagnóstico, aliado às necessidades e expectativas de cada paciente.

Apesar de ser uma ótima alternativa, é bom salientar que nem todo mundo pode passar pelo processo de ter lentes de contato dentais. Por isso, uma visita prévia ao dentista é essencial.

SAIBA MAIS

Como o procedimento não é indicado para todos os pacientes e nem para todos os tipos de dentes, o profissional estudará o seu caso para saber se as lentes são uma boa opção para você.

Para passar pelo procedimento é necessário que os dentes estejam saudáveis, sem cáries e doença periodontal (na gengiva).

Na primeira consulta, o dentista examinará seus dentes e, de acordo com suas expectativas, serão discutidos detalhes como a forma, o tamanho e a cor dos dentes.

Nessa consulta, o profissional também realizará a tomada fotográfica do paciente em diversos ângulos, até mesmo fotos intrabucais.

Isso auxilia o dentista a realizar o planejamento do caso em relação ao tamanho e formato dos dentes, posição da gengiva e outros. Tudo isso é possível utilizando ferramentas digitais.

Depois desta etapa, o profissional realizará o processo de preparo dental e moldagem com uma silicona de adição. O modelo vai para um laboratório onde é feita a confecção da lente de contato.

Em seguida, provamos e fixamos aos dentes com um material apropriado. Em alguns casos, mais uma visita ao dentista é marcada para que possíveis excessos desse material sejam removidos e o ajuste oclusal seja refinado.

Esse método é contraindicado para quem range os dentes, tem o hábito de roer as unhas ou morder objetos como pontas de caneta. Para esses casos, as facetas mais grossas são melhores ou colocamos uma placa acrílica de bruxismo de uso noturno ou diurno para evitar a quebra ou fratura da porcelana.

Películas de porcelana altamente resistentes são usadas pelos dentistas para cobrir imperfeiçoes de forma rápida, sem dor e sem sensibilidade.

Agende Sua Consulta

!
!
Style switcher

Choose color style